Um pouco mais de El Pelegrino.

Olá Peregrinos!

El Pelegrino em 2012 pelo Caminho do Norte - Photo by Villar López

Meu nome é Martinho Lima, nascido em 1974, cidadão brasileiro, carioca de nascimento e cearense por opção, uma mistura da malandragem do Rio de Janeiro com o humor do Ceará. Matemático por ofício formado pela Universidade Estadual do Ceará e programador por curiosidade há mais de 20 anos. Aventureiro, fotógrafo, batuqueiro, cinéfilo tudo por hobby. Nos últimos anos descobri a minha nova vocação e acredito que sou peregrino por natureza!


A primeira vez que segui rumo a Catedral de Santiago de Compostela foi em 2010 pelo Caminho Francês desde Saint-Jean-Pied-de-Port, Ano Santo Compostelano. Nesse ano resolvi mudar radicalmente a minha vida, pedi demissão do Banco onde trabalhava há 10 anos e segui o meu caminho. Jamais havia feito algo dessa natureza e passado tanto tempo fora de casa, 3 meses.


Retornei em 2011 acompanhando o meu cunhado, fui mais relaxado e com um pouco mais de experiência sobre o Caminho Francês, tentando ajudá-lo e dando algumas dicas sobre o Caminho de Santiago. Fizemos todo o trajeto em 27 dias, nosso grupo era formado por 6 peregrinos e caminhávamos juntos desde Belorado. Nesse ano descobri a Jornada Mundial da Juventude que na ocasião era celebrada em Madri e a partir de então se tornou uma das minhas paixões.


Em 2012 resolvi enfrentar o desafio de trilhar os 832km do Caminho do Norte desde Hendaya, posso dizer que foi uma das experiências mais fortes e duras da minha vida, pois inventei de levar todo equipamento informático e fotográfico nas costas, minha mochila chegou a pesar mais de 20 quilos. Foi duro, mas tive o prazer da companhia de verdadeiros amigos que fiz pelo Caminho.


Em 2015 retornei com a meta de trilhar desde Lisboa a Catedral de Santiago de Compostela, passando pelo Santuário de Fátima. Se tudo desse certo a ideia era seguir até Roma e depois a Jerusalém. Tive que adiar o projeto de seguir caminhando, pois com a mudança de estação e com a saúde debilitada tive que percorrer o restante com todo o tipo de transporte disponível, mas visitei os Santuários de Santo Toríbio de Liébana, o Vaticano e Jerusalém, os quatro locais sagrados de peregrinação para os católicos, então, não posso reclamar!


Em 2017 caminhei pelas principais rotas de pererginação até a Catedral de Santiago, tendo partido da cidade de Le Puy-en-Velay na França e seguido até Conques, Toulouse, Lourdes, Col-Somport, Caminho Aragônes até o León pelo Caminho Francês, de León até Oviedo pelo Caminho de San Salvador, de Oviedo até Santiago de Compostela pelo Caminho Primitivo, ido até Finisterra e Muxia, voltando a Santiago pelo Caminho Inglês, ainda com tempo de fazer um trecho não percorrido em 2015 do Caminho Português e finalizando a minha peregrinação em Sevilha caminhando a Via de la Plata desde Manjarín, totalizando mais de 3.300km a pé.


Minha meta até 2021, próximo ano Jacobeu, é trilhar todas as rotas até a Catedral de Santiago de Compostela e descobrir um pouco mais desse mundo mágico que é o Caminho de Santiago. Até lá, vou tentando disponibilizar um pouco do que aprendi sobre o Caminho de Santiago aqui nesse site, feito por um aprendiz de peregrino para futuros peregrinos.


Tendo participado da Jornada Mundial da Juventude em Madri em 2011, no Rio de Janeiro em 2013 e na Cracóvia em 2016 como voluntário, despertou em mim a vontade de servir com um pouco da minha experiência aos jovens do mundo inteiro, nessa festa em consagração a nossa fé católica. Espero conseguir participar da próxima edição na Cidade do Panamá e nas posteriores, pois é um momento único de encontro dos jovens com Deus, o planejamento para essa nova experiência já está em curso.


Aqui no site colocarei também alguns relatos e fotos de minha experiência nas Jornadas passadas e contarei mais sobre a preparação para a próxima no Panamá. O primeiro passo já foi dado, já fiz a minha inscrição no site oficial da Jornada, agora é só juntar dinheiro, comprar passagem aérea, rezar muito para o dólar baixar e colocar a mochila nas costas.


Enquanto isso sigo a minha caminhada na vida normal, como católico, professor, voluntário e empreendedor. Não deixem de curtir a Fan Page no Facebook, onde sempre posto algumas fotos e muitas dicas sobre o Caminho de Santiago.


Agradeço a visita e espero ter ajudado em sua caminhada rumo à Santiago de Compostela.


Um grande abraço a todos e Buen Camino!